Filosofia para crianças

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Raramente filosofamos em família. Raramente temos tempo para nos sentarmos com os filhos simplesmente a conversar sobre o Mundo, a Vida, Deus… Raramente somos só ouvintes das nossas crianças, ou promovemos momentos de pura reflexão em conjunto.
Se levarmos o dilema para a Escola, o distanciamento entre educando e educador é maior e, as questões ficam, inevitavelmente, por responder. Existem “matérias” para dar, programas a serem cumpridos, e não há espaço para escutar dúvidas, levantar questões que saiam do âmbito das disciplinas.
Matthew Lipman, professor de Filosofia da Universidade de Columbia, nos E.U.A., criou em 1969 um programa para crianças dos 3 aos 14 anos, a que chamou Filosofia para crianças. Auxiliado por Ann Margaret Sharp criaram “novelas” ou pequenas histórias que levam as crianças, adolescentes e jovens a reflectir sobre conceitos como a Verdade, a Justiça, a Liberdade raramente analisados pelas disciplinas na escola.
Movidas pelo interesse, as crianças aprendem a pensar, a dialogar, a colaborar com os outros, a melhorar o auto-conhecimento, a enriquecer o vocabulário, a melhorar as capacidades de leitura e, essencialmente, o pensamento crítico.
Pela criação de desafios, o educando aprende a conhecer-se, a conhecer os outros e o mundo que o rodeia.
O programa proposto por Matthew Lipman tem em conta a curiosidade e a espontaneidade da criança. Promove a discussão e a reflexão sobre uma interdisciplinaridade de conteúdos, ultrapassando as dificuldades de continuidade ainda tão presentes no ensino escolar. Em simultâneo apreendem princípios lógicos, éticos, sociais, filosóficos. Não se destina a criar mais uma disciplina, nem apenas a ser usado nas escolas. É um convite aos pais, ás crianças a encetarem uma viagem que começa dentro de cada um e termina no universo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *