Oferecer a outra face (ou as palavras que nunca te direi)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

No amor, só existe uma linguagem:
Dar, sem desejar nada em troca.
Se me agrides com a indiferença
Eu acarinho-te com coragem
Se me olhas com desdém
Eu olho-te com admiração
E se me desejas a queda
Eu imagino-te com sucesso
Por isso, eu te peço:
Não te enchas de revolta
Pois é bom o teu coração
É meigo e doce o teu olhar
E eu, por muito que te custe aceitar
Só tenho amor para te dar.

Esta entrada foi publicada em Poesias. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *