Olvidar o desejo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Esqueceu-se de mim o amor!
aquele que une almas afins…
Da doçura de um afago, nem sabor
nem a visão do cupido e querubins.

Dizem que a todos cabe o par
de quem trilha a dois em sintonia.
Mas, estou cansada de esperar
que o céu me designe companhia.

O meu forte é a bela resignação.
Conseguirei viver sem a paixão?
Então não? Alguém duvidaria?

Perseverança? Bebo-a como água.
E, apesar de triste, não sinto mágoa,
pois, sei que serei feliz algum dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *