O que é o amor?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Nada é menos científico que o amor!
Até as palavras que o descrevem
parecem contorcer-se
num malabarismo estranho:
quero-te, mas não te quero,
sinto, sem sentir.

Se eu soubesse o que é o amor,
não escreveria sobre ele.
Acomodava-me no seu âmago,
como o feto no ventre fértil da mãe,
sem pressa, nem vontade no porvir.

O que sei do amor é o que não é.
Não é dor que reina
no arrebate dos sinos da paixão.
Nem mágoa que fica de um beijo
na emoção do desejo.
Nem saudade que dilacera
as células da alma, como tesouras afiadas.

Não sei o que é o amor.
Se nasceu, porque se perdeu
num oceano de lágrimas?
Ou, porque simplesmente morreu de inanição,
por falta de afago e afeição?
Provavelmente nunca me vestiu
porque, simplesmente, não me serve.

O que será o amor?
pergunto eu, perguntas tu…
ninguém responde.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *